Algumas coisas que dou valor antes de dormir:)

Publicado por PMrjdslfjR em

Nem sempre você vai lembrar desse pequenos detalhes, mas cada um poderá mudar o seu dia.

Algumas coisas que dou valor antes de dormir

– Lavar o cabelo;
– Acender uma vela cheirosa;
– Vento no rosto em uma subida ou quando eu tô correndo;
– O cheiro, o barulho e o clima da chuva;
– Lençol da cama recém-trocado…
– …E deitar na cama com o lençol recém-trocado depois do banho;
– O rosto limpinho e fresquinho depois de uma máscara facial;
– Cantar uma música que significa muito pra mim bem alto;
– O gosto de café na boca;
– O cheiro de café na casa;
– Deitar no chão geladinho;
– Quando o David me beija na pálpebra;
– O “geladinho” do edredom, quando a gente se mexe e acha um pedacinho geladinho, sabe?
– Cochilos;
– A primeira mordida no hambúrguer;
– A risada dos meus amigos;
– Desfazer o laço de um presente;
– A primeira página de um livro – e a última;
– Quando eu grito ou falo alguma coisa ao mesmo tempo que outra pessoa;
– Quando um gato roça o rabinho na minha perna;
– O primeiro gole do chocolate quente;
– Arrumar flores frescas nos vasinhos;
– Fechar os olhos e imaginar que estou realizando um sonho;
– O barulho e o cheiro da cebola e do alho na frigideira;
– Fazer conchinha pra dormir com o David;
– Dançar como se ninguém estivesse olhando (mesmo quando tem alguém olhando);
– Raspar a massa crua do bolo na batedeira;
– Quando alguém diz que lê o blog;
– Subir em árvore;
– Tomar uma ducha fria no calor;
– Quando me chamam de Té;
– Andar na Avenida Paulista, olhar todos aqueles prédios enormes e lembrar da onde eu vim;
– Olhar pela janela de madrugada e imaginar o que está acontecendo em cada uma das janelinhas acesas;
– Tirar o sapato quando chego em casa;
– O barulho de casa cheia…
– … e o silêncio da casa vazia;
– Falar com Deus antes de dormir;
– Sotaques. Qualquer um, de qualquer lugar do Brasil e do mundo;
– Quando minhas avós sorriem e ficam cheias de marquinhas no rosto;
– Envolver uma caneca quente com as duas mãos quando tá frio;
– Arroz e feijão;
– Cheirinho de lavanda: no quarto, no corpo, ao natural…
– Vasinhos com temperos frescos;
– Ver o sol nascer;
– Olhar pro céu e enxergar desenho nas nuvens;
– Minhas pintinhas, no rosto, nas pernas e em todo o corpo;
– O sorriso da minha mãe;
– As costas cheias de sarda do meu pai;
– Escrever à mão;
– Quando a luz do cinema apaga;
– Vestir uma roupa do meu namorado;
– Viagens longas de ônibus e o barulho do motor no silêncio da noite;
– Arrumar minha cama;
– Quando a gente escuta o barulho do mar antes de ver que ele tá lá;
– Sorrir para desconhecidos;
– Cheiro de protetor solar;
– Manga no pé;
– Tomar banho de madrugada;
– Ver a neve caindo nos globos de neve;
– Tomar café da manhã;
– Barulho de máquina de escrever;
– Minha vó passando spray e o cheiro que ele deixa na casa;
– Ouvir uma boa notícia de alguém que eu amo;
– Jogar na roleta nas quermesses de igreja da minha cidade;
– Algodão doce, vinho quente e cocada;
– Pôr o pé na água do mar;
– Ir pro sítio;
– Balançar no balanço;
– Olhar o mundo de cima da rodas gigante;
– Acordar e descobrir que eu ainda tenho um tempinho pra dormir mais;
– Cheiro do pão caseiro saindo do forno…
– …e comer o pão quentinho com manteiga;
– Abraços;
– Piso de taco;
– Jardins floridos;
– Pés descalços;
– Música no fone tão alta que não escuto mais nada;
– Deitar pra dormir e relembrar todas as coisas boas que aconteceram comigo;

Essa é uma seção que criamos na Juno – a revista que fiz pro meu TCC, você pode ler aqui – e trouxe aqui pro blog pra contar as minhas coisas que amo, e que não são coisas. Se você quiser fazer também, fique à vontade, mas não esquece de linkar pro original, tá? <3

Bisous, amo muito vocês!

Até mais,

Categorias: Meus conselhos